Ron Mueck na Pinacoteca

Se você ainda não foi à exposição do Ron Mueck na Pinacoteca, aproveite porque ela termina dia 22 desse mês. As obras do artista australiano podem ser vistas pessoalmente desde o dia 20 de novembro e é a causa de filas demoradas e intermináveis nos portões do prédio na Luz.

Por isso, deixo aqui algumas dicas da minha experiência da visita:

1. É uma exposição pequena, com poucas obras. Ainda bem, do contrário as filas demorariam ainda mais.
2. Peguei 2 horas de fila chegando às 10 da manhã.
3. Quando saí às 16h, quase não tinha fila (o museu fecha às 18h; quinta-feira às 22h, com entrada até às 21h30). No site eles alertam para a possibilidade de a bilheteria fechar às 15h30, por isso acho que encontrar um horário sem filas é uma questão de sorte.
4. Vale muito a pena pegar o folheto da exposição e ler as reflexões sobre cada obra. São poucas (não fica cansativo) e muda totalmente a perspectiva da visita.
5. Reparei também no público e fiz uma estatística empírica: as pessoas perdiam 30 segundos observando as esculturas e 2 minutos ou mais tirando fotos. Se os ângulos ou os filhos fossem muitos isso virava 5 ou 10 minutos. Isso me fez pensar nesse texto sobre o ato de tirar fotos no museu. Por isso a dica é: viva a experiência enquanto ela acontece. Cuidado em querer compartilhar ou guardar demais os registros do momento, enquanto ele passa.

A dica final é para quem está em dúvida se ir ou não: sim, vale a pena ir ver de perto. :)

 

Ron Mueck
20/nov/2014 a 22/fev/2015
Pinacoteca do Estado de São Paulo
Praça da Luz, 2 – 11 3324-1000
Terça a domingo, das 10h às 17h30, com permanência até as 18h. Às quintas até as 21h30, com permanência até às 22h (somente Praça da Luz, 2).
R$6,00