Morre Tomie Ohtake, ícone da arte brasileira

O público das artes visuais perdeu uma das figuras mais relevantes da produção artística brasileira. Aos 101 anos, a artista plástica Tomie Ohtake interrompeu sua produção.

Nascida em Kyoto, no Japão, ela migrou para o Brasil em 1936. Foi depois dos 40 anos de idade, na década de 1950, que começou a estudar pintura e passou a produzir quadros independentemente de correntes artísticas ou tendências. Iniciou com a pintura figurativa, mas libertou-se dela e se entregou ao abstrato a seu modo, explorando cores e formas geométricas.

Veja aqui uma breve retrospectiva do seu trabalho.

Comente

Back to Top