“Exposição Lava-Jato”

Quem pensaria que uma operação da Polícia Federal que investiga um gigantesco esquema de corrupção serviria de incentivo para a ida do público a uma exposição de arte?

Dezenas de obras de arte foram apreendidas na Operação Lava-Jato nas casas dos acusados, sob suspeita de terem sido adquiridas para lavagem de dinheiro na corrupção na Petrobras.

Entre as obras há autores como Salvador Dalí, Vik Muniz, Amilcar de Castro, Di Cavalcanti e Iberê Camargo. Enquanto aguardam seu destino final, foram encaminhadas ao Museu Oscar Niemeyer em Curitiba e estão em exposição até o dia 8 de março.

De acordo com a reportagem da Folha de S. Paulo, a procedência peculiar das obras e a visibilidade da operação da PF está atraindo visitantes. Ontem (11/2), o museu recebeu uma nova leva de 15 obras oriundas de uma única coleção particular.

As obras apreendidas foram incorporadas à exposição do MON que exibe as obras que entraram para o acervo do museu nos últimos dois anos por meio de doações.

Veja imagens das obras apreendidas aqui.

Exposição “Acervo MON – Aquisições 2013/2014”
17/janeiro a 8/março de 2015
10h às 18h
R$6 e R$3 (meia-entrada)
Domingo + Arte: entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês
Quinta + MON: primeira quinta-feira de cada mês, horário de funcionamento estendido, das 10h às 20 horas, com entrada gratuita a partir das 18h

 

Comente

Back to Top